quarta-feira, 22 de junho de 2016

O Abraço!




O simples gesto de um abraço é reconhecido internacionalmente por sua importância em nossas vidas.
Mas o abraço falta, em muitas pessoas, em muitas famílias.
A expressão do afeto se aprende, assim como o valor de uma amizade, seus laços de confiança e respeito.
Aqui, o espaço para um abraço é sempre bem vindo!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Agradecimento: V FEIJOADA BENEFICENTE!


O Centro Paula Elizabete agradece a todos que contribuíram para a realização da V Feijoada Beneficente. Nosso evento foi um sucesso, e isso só foi possível através do esforço e dedicação de cada um, conselheiros, voluntários, funcionários, Irmãs e patrocinadores. Obrigada, vocês são responsáveis pelo belo resultado da nossa Feijoada. Que Deus ilumine a vida de todos!

terça-feira, 14 de junho de 2016

Sonhe!


Sonhar é viajar na imaginação. É ser criança e imaginar ser um super-herói, com poderes capazes de transformar o mundo. E quem sabe um dia esses sonhos se transformam em realidade? Precisamos sonhar mais, e, principalmente, deixar que nossas crianças sonhem muito, para que sua esperança não morra jamais. Afinal, não há limites para sonhar, somos do tamanho dos nossos sonhos!

terça-feira, 10 de maio de 2016

V FEIJOADA BENEFICENTE


V FEIJOADA DO CENTRO PAULA ELIZABETE
Feijoada Self-Service Individual!
Três atrações musicais! Serviço de Bar e Sobremesa!

video

Informações 3215-3718

Abaixo você pode comprar na plataforma segura do PayPay


segunda-feira, 4 de abril de 2016

Café de agradecimento

O café de agradecimento aos parceiros da Associação Paula Elizabete foi um evento muito bonito, com presenças dos contribuintes mensais, os doadores do fia e os parceiros. Ficamos muito gratos com a presença de todos. 

Durante o evento, foi prestado conta da campanha do FIA do ano de 2011 a 2015, dos valores arrecadados e como o valor foi empregado, pois é fundamental para a entidade a transparência entre seus doadores.
A Diretora Presidente, Ir. Marina F. Gardim, falou da importância do envolvimento da sociedade civil para que este trabalho continue existindo e despediu de todos, deixando as portas abertas para visitas, sempre que desejarem.